Seja bem vindo ao Universo da Aposta

Home » ArtigosEstratégias de aposta » Vale a pena fazer cash-out nas apostas esportivas?

ArtigosEstratégias de aposta

Vale a pena fazer cash-out nas apostas esportivas?

O que é cash out?

O Cash-out é um recurso que dá ao apostador a possibilidade de encerrar uma aposta antes que o evento em questão seja concluído em sua totalidade. O apostador não receberá o valor total que receberia, caso ganhasse a aposta, mas ele fica com a certeza que não terá prejuízo.

Caso esteja perdendo, fazendo o cash-out, o apostador consegue minimizar suas perdas e garantir que não perderá todo o valor investido. Recuperando assim, parte do valor apostado. O apostador pode realizar um cash-out total, parcial ou automático

Como o cash-out se tornou muito popular no meio, as casas de apostas estão sempre buscando inovações para melhorar o desenvolvimento deste recurso.

Como o apostador tem a possibilidade de encerrar uma aposta com o evento ainda acontecendo, as odds ajustadas de acordo com o resultado do momento. Porém, para ser vantajoso para as casas de apostas esportivas, elas tendem a oferecer um valor em média 15% menor em cima dessas odds ajustadas.

O valor será calculado sobre a probabilidade, naquele momento, de qual será o resultado final da partida. Isso pode ser maior ou menor que o valor da aposta feita.

Fazer um cash-out é um processo simples. Porém, na prática, pode ser difícil saber qual o momento certo de usá-lo. Vamos compreender melhor esse recurso?

Como o cash-out funciona?

O cash-out só pode ser feito enquanto algum evento de determinado bilhete esteja em curso, ou seja, só pode ser feito quando uma partida está acontecendo. A maioria das casas possibilitam que o apostador encerre uma aposta a qualquer momento dentro de um jogo acontecendo.

Para isso é muito importante que o usuário esteja acompanhando a partida em um streaming em que não ocorra delay, principalmente em campeonatos internacionais. Pois a cada instante, o valor oferecido poderá ser alterado por acontecimentos durante a partida. 

Isso afeta muito o valor das odds. Os sites de apostas estão sempre avaliando essas possibilidades e ajustando em tempo real.

Por essa razão, estarmos atentos não somente aos acontecimentos durante a partida, mas acompanhar essas oscilações dos valores do mercado, fazem toda a diferença no resultado final de nossas decisões.

É necessário ter raciocínio rápido, mais do que em qualquer outra situação. Além de ter domínio das emoções é crucial nas tomadas de decisões das melhores ações a serem tomadas pelos apostadores que utilizam ou pensar em utilizar o cash-out. 

O cash-out está sempre disponível?

Em relação a mercados, o cash-out é oferecido nos principais tipos de apostas, incluindo nas apostas pré jogo ou in-play (apostas ao vivo). E é neste último, que o cash-out tem a sua maior popularidade.

Também conhecido como saque antecipado, o cash-out  pode ser realizado nas apostas simples e nas múltiplas. 

Para apostas múltiplas com partidas que começam em horários diferentes, a dica é encerrar a aposta múltipla antes do apito inicial da próxima partida.

Outros mercados em que podem ser usados o cash-out são:

  • 1X2
  • Over/Under
  • Handicap
  • Ambas equipes marcam
  • Escanteios
  • Pênaltis

Fazer cash-out ou não: eis a questão

Pelo fato da casa reter uma porcentagem das odds ajustadas quando se faz o cash-out, há de se pensar muito bem se essa é uma boa alternativa. Por isso, respondendo a nossa pergunta inicial, depende muito dos eventos em jogo se vale a pena fazer cash-out ou não.

Não é recomendado, por exemplo, fazer cash-out simplesmente para assegurar uma vitória, pois nesse caso, em tese, o apostador estará perdendo dinheiro. A única ressalva é no caso de ser uma aposta muito grande em comparação à sua banca.

O mais recomendável é que sempre se acompanhe os jogos em questão para ter um certo nível de segurança. Assim, ao acompanhar a partida, se você identificar que a sua aposta já não é mais favorita e está em risco iminente de perdê-la, aí sim, pode ser uma boa opção fazer o cash-out.

O cash-out é um recurso muito bom para apostas múltiplas justamente por isso. Supondo que você fez uma aposta múltipla de 10 eventos. Se você já conseguiu vencer os 6 primeiros, você já garantiu um valor considerável para fazer cash-out, mas se o sétimo jogo estiver ameaçando uma perda, é interessante que você considere o cash-out.

De forma inversa, o cash-out nas apostas simples nem sempre é atrativo. Isso ocorre porque se você encerrar sua aposta em um momento próximo ao final de um jogo, por exemplo, além da redução das suas odds, você ainda estará pagando, em média 15% do valor da sua aposta à casa, de maneira adicional. Isso quer dizer que, a longo prazo, você está perdendo dinheiro.

Por que às vezes não vale a pena fazer cash-out?

Imagine a seguinte situação: você fez 10 apostas simples de R$100, cada uma com odds de 2.00. Os 10 jogos começaram ao mesmo tempo e agora está nos 35 minutos do segundo tempo e em todos, a equipe que você escolheu está vencendo por 1 x 0. Supondo que, após estes 80 minutos de jogo, as chances de cada time que você apostou vencer o jogo no final seja de 80%, e em 20% deles, o time que você apostou e que está vencendo, levará um gol de empate.

Nesse caso, se você deixar o jogo rolar sem fazer cash-out, você ganhará 8 apostas no valor de R$200 e perderá 2, não ganhando nada, conseguindo assim um EV de R$1.600.

Pensando dessa forma, a casa deveria lhe oferecer R$160 para que você encerrasse cada uma de suas apostas, garantindo assim à você os seus R$1.600 de EV.

Acontece que, conforme dissemos anteriormente, as casas oferecem a ferramenta de cash-out pelo “preço” de, em média, 15% do valor parcial de sua aposta. No caso dos R$160, a casa deduzirá R$24 do valor a lhe oferecer pelo cash-out. Ou seja, apesar da sua aposta valer R$160 naquele momento, a casa lhe oferecerá R$136! Entendeu a desvantagem? 

Como você não sabe exatamente quais jogos o time que você apostou levará o gol de empate, você teria que encerrar todas as suas apostas pelo valor total de R$1.360, o que é -EV do que deixar as partidas se encerrarem naturalmente e ganhar R$1.600.

Dessa forma, percebe-se que, se você aposta pensando no longo prazo, realizar cash-outs não é lucrativo no mercado de apostas simples. Porém, existem algumas exceções que tornam essa ferramenta uma boa aliada das apostas esportivas.

Quando vale a pena fazer cash-out?

Conforme dissemos anteriormente, o cash-out pode ser bem atrativo em algumas ocasiões. Entre elas, quando se trata de uma aposta múltipla. Isso porque, além de você ter a incerteza daquela partida específica, você ainda tem a incerteza de outras partidas posteriores e, como as chances de uma aposta múltipla, em tese, são menores do que uma aposta simples, elas sofrem mais variância.

Suponha agora que você tenha feito 10 apostas múltiplas de R$100, com odds de 10.00 cada. Em todas as 10, você já acertou 6 jogos e faltam 4. Supondo ainda que o sétimo jogo começou para todas as 10 apostas, e neles você esteja considerando fazer cash-out.

As chances dos seus times vencerem essas apostas permanecem de 80%, porém agora, mesmo que eles vençam, você ainda não terá ganho nada! Você ainda dependerá de mais 20 jogos para ganhar os R$10.000,00 referente às 10 apostas múltiplas.

Agora, mesmo que cada bilhete seu esteja valendo, digamos, R$600 e a casa lhe ofereça esse valor com os 15% deduzidos, você ainda estaria garantindo R$510 por bilhete! Ou seja, você estaria garantindo R$5.100 e não teria nenhuma certeza se, caso vencesse 80% daqueles jogos, se ganharia os subsequentes. Consegue enxergar a vantagem do cash-out nesse caso? Ele minimiza a variância natural das apostas múltiplas.

Além disso, os cash-outs podem ser interessantes quando, por exemplo, você costuma apostar 1% de sua banca, mas devido ao nível de confiança em determinada partida tenha extrapolado e apostado 10% em um único bilhete. Nesse caso, realizar o cash-out em uma aposta que esteja ganhando, garantindo um lucro modesto em detrimento a um grande risco, pode ser uma atitude mais sensata e comedida.

Como fazer cash out?

Esse recurso pode ser oferecido de diferentes maneiras, dependendo do tipo de aposta, assim como depende do site de aposta em que está sendo oferecido. Por isso a importância da escolha do site e do tipo de apostas que passem maior segurança ao apostador.

O cash-out pode ser feito de três formas diferentes:

  • Cash-out total – é o tipo mais usado. A aposta é encerrada na íntegra, garantindo um lucro ou diminuindo uma perda antes da partida terminar. Pode ser usado tanto em apostas simples, quanto nas múltiplas. 
  • Cash-out parcial –  Nesse caso, não precisa fechar uma aposta integralmente. No Cash-out parcial, pode encerrar apenas uma parte do valor da aposta. Dependendo da evolução do jogo, pode-se deixar a outra parte do valor na aposta ativa.
  • Cash-out automático – Nesse caso o apostador programa para que sua aposta seja encerrada, casa o time em que apostou, estiver ganhando, por exemplo. Pode, também, caso o apostador não consiga acompanhar a partida, definir um valor que queira estipular para ganhar. Caso esse valor seja atingido, a aposta é encerrada.

Vantagens do cash-out:

  • Acesso direto ao lucro: caso o apostador necessite do valor em jogo para realizar outras apostas mais atrativas, realizar o cash-out tem o poder de trazer imediatamente aqueles fundos para que se realize uma nova aposta de maneira rápida;
  • Garantir lucro: se o apostador percebe que, mesmo estando ganhando, corre muitos riscos da situação do jogo inverter. Por exemplo: uma expulsão de um jogador do time que está apostando ou uma marcação pesada do time adversário sobre este;
  • Diminuir a variância de apostas múltiplas: conforme dissemos anteriormente, o cash-out é uma ótima ferramenta para se diminuir a variância, principalmente das apostas múltiplas. O cash-out se torna vantajoso nesse caso, pois, mesmo se você ganhar um determinado evento, não há certeza de ganhar os subsequentes;
  • Reduz perdas: se foi apostado algo que esteja longe de acontecer durante a partida, pode valer a pena encerrar a aposta para perder menos com ela. Isso traz maior segurança ao apostador: quando o trader, o punter ou o apostador recreativo acaba por apostar stakes acima do que sua banca permite, o cash-out é uma excelente ferramenta para retomar o controle da aposta.

Desvantagens do cash-out:

  • Recebe um valor menor em suas apostas: os sites de apostas sempre oferecem um valor inferior ao que o apostador ganharia se esperasse até o final da partida. Ou seja, se o apostador usa o cash-out frequentemente, ele está perdendo dinheiro para a casa;
  • Decisão focada no curto prazo: seja como for a aposta inicial que você fixou, ela provavelmente terá as melhores cotações, isso porque depois que o jogo começa e você tem oportunidade de fazer cash-out, a casa sempre deduzirá, em média, 15% do valor simplesmente para te dar a chance de fazer cash-out. Por mais que às vezes essa seja a decisão +EV, ela também é, inegavelmente, uma decisão focada no curto prazo, pois nunca será a cotação mais dotada de favorabilidade, e como dissemos em nosso blog, decisões de curto prazo não são uma boa ideia no mundo do trade esportivo;
  • Cash-out pode tirar o prazer de acompanhar a partida: se você é um apostador recreativo, ficar todo o tempo analisando os valores oferecidos pelo site de apostas ou avaliando se vai usar ou saque antecipado ou não, fica difícil apreciar a partida.

Um pouco mais sobre o cash-out

O cash-out passa uma maior segurança ao apostador, já que é uma ferramenta que tem o poder de assegurar ganhos e minimizar perdas. Porém, o apostador tem que ficar sempre muito atento: se é vantajoso para quem aposta, mais vantajoso será para os sites.

É importante saber que quando o cash-out é oferecido, continuam sendo mantidos a mesma chance de sucesso e de fracasso. Só que o site está diminuindo o valor da sua aposta inicial no momento da oferta.

Em suma, toda vez que o cash-out é oferecido ao apostador, a casa está apenas oferecendo a chance de sair de uma aposta com menos dinheiro.

Mesmo assim, o cash-out pode ser uma boa ferramenta para o apostador que tiver conhecimento para usar da melhor forma esse recurso. A orientação principal é sempre usar a racionalidade.

Recomendamos também o uso de um sistema fixo, inclusive para usar o cash-out. Saber se deve ou não utilizá-lo em diversas ocasiões é uma das maneiras mais racionais de contar com essa ferramenta como uma aliada e não como um inimigo.Ter metas e objetivosde longo prazo com as apostas esportivas é fundamental para não se perder nos impulsos que o descontrole emocional gera. Essa máxima é ainda mais verdadeira no caso do cash-out, portanto, na hora de avaliar se você deve fazer um determinado cash-out ou não, tente analisar se suas motivações são racionais ou baseadas simplesmente no medo de perder uma aposta. Esse pequeno insight já te ajudará a tomar a decisão correta.

COMPARTILHE